29 de abril de 2022

5 estratégias para usar nas vendas e-commerce

Por Thesis

A internet criou o mundo virtual: um espaço sem limites, que se expande constantemente e está em transformação a todo o momento. Isso abriu portas para um novo tipo de comércio: o virtual, ou ecommerce.

Muitas grandes marcas do e-commerce iniciaram na sala de casa: a internet dá os meios para consolidar um negócio do zero somente por meio de ferramentas e estratégias de vendas online.

Por isso, é importante estar atento ao mercado e às inovações tecnológicas, como sistemas de crm (Gestão de Relacionamento com o Cliente), que podem impulsionar sua empresa em escala nacional e até global!

O que é o e-commerce e como ele pode te beneficiar

O e-commerce é uma grande aposta como canal de vendas online, que pode ser acessório ou o cerne do seu negócio.

Esse tipo de comércio consiste na adoção de canais virtuais para organizar, captar e finalizar processos de venda – seja via site, plataforma própria, app ou até mesmo redes sociais. 

Como benefícios do e-commerce, pode-se citar:

  • Menor custo operacional; 
  • Maior abrangência do público-alvo;
  • Fácil gerenciamento dos resultados;
  • Alta demanda do mercado;
  • Vendas a qualquer hora: aberto por 24 horas.

Para quem está disposto a investir tempo e pesquisa, o e-commerce pode ser chave na hora de determinar o sucesso do seu negócio.

Primeiros passos no e-commerce

Há vários materiais sobre diferentes estratégias e ferramentas que podem ser usadas na promoção da sua loja virtual. A internet é repleta de possibilidades para alavancar a visibilidade e gerar exposição para sua marca. Nesse sentido, é importante:

  • Iniciar pesquisas sobre lojas no seu nicho de vendas;
  • Definir os objetivos e público-alvo;
  • Combiná-los com as estratégias disponíveis na internet;
  • Selecionar as ferramentas;
  • Preparar o lançamento da sua loja online;
  • Estruturar a experiência virtual do cliente; 
  • Elaborar mecanismos de feedback.

Desse modo, pode-se engendrar um negócio com baixo capital inicial e muito potencial, só fazendo uso das ferramentas disponíveis na internet, muitas delas gratuitas e acessíveis, como sistemas de crm gratuitos

Como potencializar meu e-commerce?

Tendo tudo isso em vista, algumas dicas podem ajudar a potencializar os serviços da sua loja online. Com uma pesquisa no nicho, chega-se a cinco principais pontos:

  1. Usabilidade

O site ou plataforma da sua loja online deve ser de fácil acesso e uso para o cliente.

Isso, por muitas vezes, é o que define se o usuário irá explorar outros produtos ou simplesmente deixar a compra no carrinho por demora do carregamento, excessiva complicação dos passos de cadastro e pagamento e até falta de suporte técnico. 

  1. Marca com identidade consolidada

A loja online deve investir em sua identidade como marca. Esse é um fator determinante e que conecta as pessoas com o próprio negócio e, consequentemente, os produtos.

O design da plataforma, dos produtos, a qualidade das imagens, do desenvolvimento web das campanhas e a marca visual devem estar presentes o tempo todo.

  1. E-mail marketing

O e-mail marketing é um grande aliado do seu e-commerce: o disparo de e-mails de cultura geral.

Seja se enviando informações do seu serviço e pílulas de conhecimento que aproximem o potencial cliente dos seus valores, enfatizando o porquê de consumir seus produtos, são um dos modos menos agressivos e mais efetivos de consolidar uma marca, tornar-se referência no nicho e criar vínculos com o público-alvo.

  1. Estratégias nas redes sociais

A adoção de estratégias nas redes sociais são importantíssimas na consolidação de um plano ativo de marketing.

O poder do Facebook, Instagram e blogs no dia a dia do público-alvo é gigantesco e tem alto nível de exposição, tendo essas plataformas espaços específicos para patrocinar anúncios e promover campanhas.

Também são essenciais plataformas que realizem o gerenciamento dos resultados, o controle de leads, de forma a esquematizar e poder tratar os dados de engajamento obtidos com as campanhas nas redes. 

  1. Parcerias com influenciadores

As parcerias com blogueiros que dividem seu dia a dia e difundem seu estilo de vida nas redes sociais estão cada vez mais em alta.

A estratégia é utilizar do poder persuasivo que o influenciador tem para com o seu público para que ele promova os valores do seu negócio e, por conseguinte, venda seus produtos. 

As possibilidades são mil! Muitas outras ferramentas e estratégias são popularizadas pela internet, a baixo ou nenhum custo, e podem ser pesquisadas por meio dos próprios buscadores, com palavras-chave do tipo “crm preço”.

Assim, pode-se estruturar o budget das ferramentas necessárias para montar, do zero, ou impulsionar seu e-commerce.

Sendo assim, é visível que o e-commerce abre inúmeras portas e possibilidades no campo dos negócios. Basta selecionar com prudência as estratégias usadas, tendo em vista os objetivos e requisitos da sua empresa.

Uma das maiores vantagens dessa modalidade de vendas é o baixo custo, que pode ser investido em plataformas; hoje são variados os planos de ferramentas – como o crm plano e o RD Station Marketing – para uma empresa contratar e impulsionar suas vendas.